Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Vacina V5 para gatos?

Que vacinar é um ato de amor, todos nós já sabemos e a vacina V5 fa zparte desse process. Aos leitores da Vets, já devem ter lido isso diversas vezes aqui no Blog, entretanto, o amor não é a única razão pela qual você deve vacinar seu gatinho. 

Antes de mais nada, nenhum pet, nem mesmo aqueles que não têm acesso à rua, está seguro de todas as doenças. Não ter contato com outros pets não significa imunidade garantida.

Existem doenças que podem surgir sem o contato com outros animais, como algumas alergias, micoses e síndromes. 

Mas, não só isso, ainda existem as chamadas zoonoses, que são doenças que podem ser transmitidas do animal para os humanos. Portanto, vacinar seu pet é uma proteção a mais para sua família.

Qual a diferença entre as polivalentes V3, V4 e V5?

São muitas vacinas e a gente pode se confundir, por isso, vamos deixar um pouco mais claro para você entender certinho e poder escolher a melhor vacina para o seu amigão. 

A vacina polivalente está no topo das necessárias. Nós conhecemos, geralmente, por Vacina V4 e V5. Ela tem três versões, sendo:

  1. Vacina V3: A vacina v3 protege contra três doenças. A panleucopenia, calicivirose e a rinotraqueíte.
  2. Vacina V4: Respectivamente protege contra quatro doenças.  A panleucopenia, calicivirose, rinotraqueíte e clamidiose.
  3. Vacina V5: A vacina V5 para gatos é, com certeza, a mais completa. Além de proteger contra todas as doenças da V4, ainda protege contra a leucemia felina.

Quando vacinar os gatinhos?

Existem alguns tipos de vacinas que seu gatinho tem que tomar todos os anos, explicamos melhor neste artigo, mas basicamente são as vacinas polivalentes e antirrábica.

A polivalente tem um cronograma mais específico que as demais, sendo iniciada entre a sexta e oitava semana de vida do gato e tendo a revacinação no período de duas a quatro semanas, ou até completar os 16 meses. Após esse período, novas doses devem ser aplicadas anualmente. 
Se seu gato já é adulto e nunca foi vacinado, basta chamar um veterinário da Vets para ir até sua casa e vaciná-lo. Depois desta primeira dose, as demais devem ser anuais, ok?

Vacina V5: Onde aplicar?

Você pode procurar clínicas veterinárias para aplicar as vacinas, entretanto, certifique-se da confiança da clínica e de que eles aplicam o teste FeLV antes da vacinação (explicamos este teste mais pro final deste texto).Diferente dos cães, os gatos não costumam se sentir muito confortáveis saindo de seus ambientes, nem mesmo para dar uma passadinha de uma hora no médico. Por isso, uma grande saída é baixar o app da Vets e chamar um veterinário à domicílio. Além de fazer suas consultas e acompanhamentos, também pode dar todas as vacinas que seu pet precisa, sem estressá-lo, e a melhor parte é a segurança para você e para seu pet. Todos os nossos veterinários são verificados, além disso, todos aplicam o teste FeLV antes de vacinar.

Quais os preparos antes da vacina?

Não tem muito segredo. Para vacinar seu pet, é necessário que ele suporte possíveis efeitos colaterais.

Se seu gatinho estiver com vômito, diarréia ou dificuldades para se alimentar, é necessário tratar isso antes com um veterinário.

Outro preparo importante é o teste FeLV, ele deve ser feito pelo vet antes de vacinar o pet, ok? Te explico melhor no tópico abaixo.

O que é FeLV e por que precisamos testar?

A FIV (Vírus da Imunodeficiência Felina) e a FeLV (Vírus da Leucemia Felina) são, hoje, duas das doenças mais comuns entre os gatos. 

É importante dizer que a única forma de diminuir a infecção dos pets é vacinando, mas nenhuma das vacinas é 100% eficaz contra a FIV e a FeLV.

A vacina V5, ajuda a proteger o gatinho e aumentar sua imunidade, para que a contaminação seja menor.

Mas, por que fazer o teste dessas doenças antes da vacinação?

A vacina V5 tem restrições.

O teste de FeLV é importante porque, os componentes das vacinas, geralmente, são feitos com o vírus inativado. Se seu pet testou positivo, não é recomendado que seja vacinado com vacinas que têm o mesmo vírus como componente. 

Lembrando que, mesmo que seu gato esteja tomando o reforço anual, ou seja, que já tenha sido vacinado antes, o teste ainda precisa ser feito, porque o vírus pode sobreviver no corpo do pet mesmo sem dar nenhum sinal de que está lá. 

Se o teste der positivo, o veterinário deve pedir exames complementares para iniciar qualquer tratamento.

Vacina V5: Quanto custa?

Afinal, qual o preço da vacina V5? Pelo app da Vets (hiperlink) você encontra diversas opções de vacinas e preços, mas as que citamos neste artigo estão:

Polivalente V5: A partir de R$170,00

Polivalente V4: A partir de R$130,00

Polivalente V3: A partir de R$125,00

Uma dica importante para você: desconfie de preços muito abaixo, além de existirem vacinas falsificadas, muitos veterinários podem deixar de testar a FeLP para diminuir o custo, ok? Procure sempre veterinários de confiança. Na Vets, todos os veterinários são verificados.

16 respostas

    1. Olá, Catarina!
      Para ficar mais fácil a nossa comunicação, baixe o app da Vets e tire sua dúvida pelo botão de Whatsapp.
      Estaremos prontos para tirar todas as suas dúvidas.😊

  1. Se um filhote for vacinado com a V5, ele pode ser inserido em um lar onde já vivem 2 gatos testados positivos para Felv? O gatinho não será contagiado?

    1. Olá, Natália!
      É muito importante deixar claro que nenhuma vacina possui 100% de eficácia. A V5 pode ajudar na proteção com a Felv, mas ao estar em contato com outros animais infectados, o seu gatinho pode contrair a doença também!
      O ideal é manter o isolamento dos pets infectados.

  2. No artigo vcs deixaram a entender que a vacina V5 protege o pet da FIV também, porém ainda não existe vacina da FIV, acho prudente efetuarem a correção para não induzir o tutor ao erro.
    Segue trecho do artigo:

    “A FIV (Vírus da Imunodeficiência Felina) e a FeLV (Vírus da Leucemia Felina) são, hoje, duas das doenças mais comuns entre os gatos. 

    É importante dizer que a única forma de diminuir a infecção dos pets é vacinando, então a Vacina V5 felina protege contra essas doenças.”
    Este trecho deixa o tutor entender que seu bichano estará imune à FIV e FeLV, o que de fato não acontecerá.
    Grato.

    1. Olá, Amanda.
      Alguns gatinhos podem sim ter reação a vacina, o importante é continuar com o acompanhamento do veterinário para que ele indique a melhor solução e descarte qualquer outro problema.

    1. Olá, Laiza.
      Cada Vet cobra um valor específico pelo teste. Você pode baixar o app para conferir os valores dos veterinários na sua região.

    1. Olá Silvia,
      A vacina V5 em gatos diagnosticados com Felv podem ajudar a proteger das demais doenças, como panleucopenia, calicivirose, rinotraqueíte e clamidiose, mas não auxiliam no tratamento na Felv em si.
      Existem diferentes tipos de de vacinas V5, isso se dá pela forma como é produzida e como o vírus é utilizado, sendo assim, dependendo do estado e sintomas que o gatinho apresenta, algumas vacinas podem ser eficazes, enquanto outras podem não ser indicadas para um felino positivo para Felv.
      O mais indicado é sempre consultar um veterinário, para que ele possa examinar o seu gatinho e indicar o melhor tratamento.

    1. Olá, Raissa!
      A escolha do exame fica a critério do veterinário, porém, alguns gatinhos podem apresentar o “falso negativo”, sendo assim muito comum aliar os testes sorológicos à testes de PCR RNA-viral ou DNA-viral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para receber a News

Principais matérias

Baixe o App

Instagram da Vets