Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Otite Canina: Saiba o que é, sintomas, tratamento e muito mais.

Sabe aquela coçadinha no ouvido que a gente até revira os olhos? Nos humanos isso pode ser estranhamente prazeroso, mas nos cães deve ser motivo de atenção. A grande causadora de preocupação é a famosa otite.

O que é otite canina?

A otite canina é, basicamente, uma inflamação no ouvido, que pode virar uma infecção. Essa inflamação pode acontecer tanto na parte interna quanto externa, e causa dor, incômodo, odor e uma cera de coloração diferente.

Acontece muito com cães por conta do formato das orelhinhas, que são um bom ambiente para proliferação de bactérias e fungos.

Sintomas da otite em cães

Os sintomas são bastante fáceis de identificar, igual a dermatite, por exemplo. 

  • Coceira: Aquela coceirinha insistente, que o pet para no meio de uma corrida para aliviar;
  • Dor: Ok, não é tão fácil identificar dor em uma criatura que não sabe falar, mas se você vir que seu aumigo está chorando ao coçar as orelhas, pode ser que o motivo seja dor, sim;
  • Odor: Tem um cheirinho forte vindo da orelha do seu pet? Fique de olho que pode ser sinal de otite, viu?;
  • Incômodo: Igual a dor, você não consegue identificar de bate pronto que seu pet está incomodado com algo mas, no caso da otite, se estiver balançando a cabeça com frequência, também é sinônimo de que há algo errado;
  • Orelhas avermelhadas e com secreção: é isso, se a orelha estiver vermelhinha ou rosada, e estiver com secreção e cera de cor mais escurinha, leve-o (a) ao veterinário (a).

Claro que parece bem simples, mas otite canina é grave. Quando ignoramos os sintomas e não tratamos o problema, pode piorar a ponto do pet perder a audição, além da dor que causa. Por isso, se você notar algo diferente no seu melhor aumigo, chame um veterinário no app da Vets, assim você não precisa expor à outros dogs doentes e pode agendar no horário que quiser para recebê-lo em casa.

Tratamento para a otite canina

Como tratar a otite canina é uma das maiores buscas por tutores na Internet. 

Antes de mais nada, lembre-se que o diagnóstico deve ser feito por um médico veterinário, isso porque sempre tem gente receitando tratamento caseiro para otite canina, entretanto, isso pode piorar, principalmente porque o tratamento depende do tipo de otite e sua origem.

Então, o primeiro passo é pedir ajuda veterinária, o dogtor deve examinar o ouvido do seu a Pet e verificar se existem fungos e bactérias causadoras do problema, nestes casos, deve ser feita uma limpeza.

Claro que existem diversos remédios para otite canina, mas só quem pode receitar é um veterinário, ok? 

Os antibióticos para otite canina, geralmente, são as principais soluções e as que agem mais rápido.

Quais as causas de otite?

A principal causa da otite canina são os fungos, bactérias e ácaros no ouvidos dos Pets. 

Os cães, especificamente, têm um formato de orelha que privilegia a proliferação dessas bactérias e fungos. Algumas raças, como Golden Retriever e Cocker Spaniel têm ainda mais predominância a doença, por terem as orelhinhas mais caídas, o que ajuda a abafar o “ambiente”. 

Outro grande motivo para a otite aparecer é a água nos ouvidos, por isso, muitos cães que são fãs de uma piscina ou banho de mangueira podem ter mais azar neste sentido.

Formas de evitar a otite

Como mencionado, existe mais de uma forma da otite surgir, e algumas delas não são fáceis de evitar. Mas também há cuidados que podemos tomar para que tentemos deixar nossos pets o mais saudáveis possíveis.

Algumas boas dicas para evitar a otite são:

  • Ao dar banho no seu pet, coloque um algodão nas orelhas e garanta que não entrará água nelas. Se for ao pet shop, procure por profissionais confiáveis e não deixe de, mesmo assim, pedir que tome os cuidados;
  • Não tose as orelhinhas. Se seu pet tiver muito pelo na região da orelha, procure apenas aparar, mas mantenha a quantidade, porque isso serve para proteger a região;
  • Ao dar banho de piscina e mangueira, procure secar o máximo que conseguir com uma toalha e algodões, a orelha molhada e abafada é o lugar perfeito para as bactérias e fungos causarem inflamações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para receber a News

Principais matérias

Baixe o App

Instagram da Vets