Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Telemedicina Veterinária

O que é a telemedicina veterinária?

A telemedicina veterinária é um tema discutido a um bom tempo entre os profissionais da área, mas que ganhou muita força durante os últimos meses, devido a pandemia de Coronavírus.

A situação atual de isolamento que vivemos, colocou uma luz sobre esse assunto e profissionais de diversas áreas conseguiram adaptar suas atividades para o atendimento online. Porém, este não é o caso dos médicos veterinários, uma vez que no Brasil a telemedicina veterinária ainda não foi regulada nem aprovada pelos conselhos de medicina veterinária, o CRMV.

Segundo a American Veterinary Medical Association (AVMA): “Telemedicina é o termo amplo que abrange todos os usos de tecnologia voltados para fornecer remotamente informações ou educação sobre saúde. É o uso de informações médicas trocadas de um local para outro, por meio de comunicações eletrônicas, sobre o estado de saúde clínico de um paciente”.

Resumindo, com a telemedicina veterinária, seria possível conversar com um veterinário por texto, telefone ou vídeo para obter conselhos para o seu Pet. Mas de qualquer forma, ela não substitui visitas regulares e os veterinários não podem diagnosticar nem prescrever medicamentos para animais que não tenham sido examinados pessoalmente. 

Por que a telemedicina veterinária ainda não foi aprovada no Brasil?

Apesar de já possuir um Projeto de Lei em andamento (nº1.275), a telemedicina ainda não foi aprovada por diversos fatores e por enquanto, o atendimento de pets não pode ser realizado em qualquer modalidade que não seja presencial.

Para entender porque a prática ainda não foi aprovada, também é preciso considerar que a telemedicina não impacta somente no atendimento de pets, mas também os criadouros, zoológicos, animais de produção e outros. 

A medicina veterinária é um pouco mais complicada quando comparada à medicina humana, pois o animal não tem a habilidade de se comunicar e indicar exatamente os sintomas e local da dor, ficando a critério do tutor interpretar os sinais e transmiti-los aos veterinários, digitalmente.  

Sendo assim, sem um exame adequado no paciente, muitas vezes se torna difícil encontrar o diagnóstico a distância, somente pelos relatos dos seus tutores ou observando o pet por meio de chamadas de vídeo. 

Portanto, enquanto a telemedicina veterinária não for debatida e completamente aprovada, levando em conta todas as necessidades e riscos para viabilizar um atendimento eficaz, consultas por videoconferência, whatsapp e por telefone podem apresentar riscos à saúde dos animais, por isso, o atendimento em domicílio ajuda de uma maneira mais prática e eficiente, pois garante a saúde dos pets, que não entram em contato com outros animais doentes, e também ajudam levando comodidade ao tutor que não precisa se deslocar até uma clínica para realizar procedimentos simples, como uma consulta ou vacinação.

Conte com a Vets!

Nós sabemos que se a telemedicina fosse aprovada, seria uma mão na roda para muitos papais e mamães de Pet. 

Mas precisamos ter cautela e por hora, a prática permanece proibida. A VETS continua de olho e ligada nesse assunto e nas mudanças desse cenário para trazer sempre as melhores inovações, com soluções completas e seguras para nossos pets. 

E enquanto isso, você continua garantindo a saúde do seu pet e da sua família com todas as comodidades das consultas em domicílio:

  • Não precisa sair de casa
  • Otimiza o seu tempo
  • Deixa seu pet mais tranquilo e no conforto de casa
  • Sem risco de contato com outros animais doentes
  • Parcelamento em até 3x 
  • Desconto de 10% ao indicar um amigo

Gostou do conteúdo? Para ficar por dentro de mais novidades não se esqueça de baixar o app da VETS e nos seguir nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para receber a News

Principais matérias

Baixe o App

Instagram da Vets