Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Cadela no cio – Dicas e cuidados

Basicamente, uma cadela no cio corresponde a menstruação das mulheres, apesar dos cachorros possuírem um ciclo diferente da maioria dos mamíferos, significa que ela atingiu a maturidade sexual e está apta à reprodução. 

Uma cachorra costuma ficar no cio algumas vezes no ano e emite alguns sinais nesse período, mas nem sempre é assim tão fácil de decifrar. 

Então se você tem uma cadelinha e tem dúvidas sobre o cio, não se preocupe! Aqui vamos te ajudar a entender tudo sobre esse período e como cuidar da sua doguinha.

O que é cio?

De forma resumida, o cio corresponde ao período menstrual das mulheres. É quando a cachorrinha está pronta para reproduzir e passa a exalar feromônios que podem atrair os machos. 

Porém, diferente das mulheres, o período do cio costuma acontecer apenas duas vezes no ano, pois o ciclo reprodutivo dos cachorros é bem diferente da maioria dos mamíferos. 

O cio, também chamado de ciclo estral, é dividido em quatro etapas:

Proestro – Nesta primeira fase, o corpo da cachorrinha começa a estimular a liberação dos feromônios, mas a cadela ainda não está fértil. Nesse período é possível notar sinais de inchaço e sangramento. 

Estro – Na segunda fase, a cadela no cio já está no período fértil e precisa de mais atenção para evitar uma gestação indesejada. A secreção e sangramento começa a diminuir e é possível identificar várias mudanças no comportamento, inclusive desconforto e agressividade. 

Diestro – Na terceira fase, caso a cadelinha tenha cruzado, é o momento que ocorre a gestação. Porém, se ela não está grávida, o diestro acontece e pode durar entre 60 e 100 dias. Aqui é comum que a cadela recuse o macho, fique mais tranquila e queira comer bastante.

Anestro – Na última fase do ciclo, caso tenha ocorrido a gestação, acontece o parto. Caso não tenha tido a fecundação, o anestro leva cerca de 130 dias e é uma fase para a recuperação do corpo, com uma menor atividade hormonal e preparação para o próximo ciclo.

Com quantos meses a cadela entra no cio?

A cadela no cio não possui uma idade exata, pois depende da maturidade sexual de cada animal e pode mudar bastante entre raças pequenas, médias e grandes. 

Em geral, o primeiro cio acontece entre os 6 e 12 meses após o nascimento, e ocorre a cada seis meses ou apenas uma vez por ano em alguns casos.

Quanto tempo dura o ciclo da cadela?

Essa resposta também varia para cada fêmea, mas geralmente os sintomas mais característicos do cio, como o sangramento e mudanças de humor, duram aproximadamente 21 dias. 

Quais são os sinais da cadela no cio? 

Mesmo sendo um período relativamente longo, os sinais de uma cadela no cio podem até passar despercebidos por muitas pessoas, uma vez que as cachorrinhas conseguem ficar limpas muito rapidamente. 

Entre as principais mudanças físicas no período do cio, podemos identificar:

  • Inchaço nas mamas
  • Inchaço na vulva
  • Vermelhidão ou escurecimento da vulva
  • Liberação de secreção ou sangramento

Já em relação ao comportamento, as mudanças começam a se sobressair no período fértil e são: 

  • Carência
  • Agitação
  • Agressividade
  • Xixi em vários locais
  • Lambedura excessiva
  • Mudança no apetite

Também é muito comum que os machos se aproximem mais das fêmeas neste período, por conta da liberação dos feromônios lançados por meio do cheiro e da urina.

Quais cuidados preciso ter com a cadela no cio?

Assim como as mulheres, as cadelas no cio passam por muitas mudanças hormonais, e por isso é muito importante ter alguns cuidados e atenção extra às fases, oferecendo sempre apoio e carinho. 

Abaixo listamos alguns cuidados básicos para que você cuide muito bem da sua cachorrinha nesse período:

  • Higiene – Use sabonetes próprios para a região e para pets. 
  • Fraldas – As fraldas ou calcinhas próprias são recomendadas e devem ser trocadas ao menos duas vezes ao dia, com intervalo para que ela faça as necessidades.
  • Alimentação – Invista em ração com alta qualidade de nutrientes, pois nessa fase é comum a falta de apetite.
  • Paciência e muito carinho – Esse período pode ser bem estressante para a cadela, procure brincar, dar carinho e acalmá-la nos momentos mais agressivos. 
  • Atenção aos machos – As cadelas no cio costumam atrair muitos pretendentes, por isso, se fique atento para que não ocorra o cruzamento indesejado.

Castração e prevenção

Como já comentamos aqui no blog da Vets em outros artigos – Por que a castração é tão importante? – a castração é um ato de amor e uma das medidas mais eficazes para evitar doenças graves, como câncer de mama e piometra, além do controle populacional de cães e gatos.  

O período de uma cadela no cio costuma causar muitos incômodos, tanto para a cachorrinha quanto para os tutores. E para amenizar esses desconfortos e melhorar a saúde do seu pet, a castração é muito recomendada pelos veterinários. 

Além de reduzir consideravelmente o aparecimento de diversos tipos de câncer, a castração ainda é benéfica para impedir uma gravidez indesejada e o abandono de animais.

Gostou do conteúdo? Para ficar por dentro de mais novidades não se esqueça de baixar o app da VETS e nos seguir nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para receber a News

Principais matérias

Baixe o App

Instagram da Vets