Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Vira-lata

Tudo o que você precisa saber sobre a raça Vira-lata

O Vira-lata caramelo foi o animal mais sugerido nas redes sociais para estampar a nova nota de R$ 200, isso deixa claro que o título de “cão de rua” tem mudado e agora os vira-latas têm se tornado símbolo de amizade nas famílias brasileiras. 

O nome oficial é SDR, que significa Sem Raça Definida, mas no nosso coração, são os vira-latinhas mais lindinhos do mundo!

Não existe uma delimitação de origem, porque eles nascem da mistura de raças. São muitos casos de cruzamento entre um pitbull com vira lata, labrador com vira lata, poodle com vira lata, e o resultado é o SRD mestiço. Outra forma de linhagem é com o cruzamento de duas raças definidas, por exemplo Shih-tzu com Lhasa Apso, neste caso, o que nasce é um vira-lata híbrido. 

Os cães Sem Raça Definida são os mais abandonados e vivem em situações perigosas nas ruas. Você já pensou em adotar um Vira-lata? Vamos te dar alguns bons motivos para isso!

Motivos para você adotar um Vira-lata

Saúde: Um grande ponto a favor da adoção de um Vira-lata é sua saúde de ferro! Por ter uma linhagem diversa e natural, eles são fortes e mais saudáveis que as outras raças e podem viver até os 16 anos – Mas isso não significa que não devem receber visitas veterinárias periódicas e nem tomar suas vacinas, ok?

Popularidade: Hoje os vira-latas são animais populares e queridos pelo brasileiro, isso significa que o tabu de cães de rua e sem pedigree estão ficando cada vez mais questionados e desconstruídos.

Adaptação: É claro que todos os animais têm capacidades adaptativas, mas o Vira-lata dá um show nesse sentido. A personalidade deles é muito definidas ainda quando filhotes, por isso, treiná-los e socializá-los é uma tarefa que pode ser fácil e natural, basta ter persistência. 

Amor: Segundo a Fundação Affinity, em 2017 foram mais de 104.834 cães abandonados no mundo, e a grande maioria foram SDR. A adoção não traz consigo apenas a sensação de ter feito o bem, mas também o amor incondicional e uma amizade pra vida toda. 

Quais os cuidados que devo ter com um Vira-lata?

Cada vira-latinha tem uma personalidade diferente, lembra? Então, observe o seu aumigão e descubra se ele é do tipo super ativo, que precisa de passeios e brincadeiras intensas todos os dias, ou se ele é mais tranquilo e uma caminhadinha pela manhã já basta. 

Atenção: Vets recomenda cafuné frequente e coçadinhas na barriga. 

Vacinas para Vira-latas

O vira-lata filhote, deve receber vacinação, a partir dos 45 dias de vida. Inicia-se com a vacina V8 ou vacina V10, separada em até 4 doses, que devem ser aplicadas em até 4 semanas. Depois, a vacina antirrábica (raiva), em uma única dose, por volta das 12 semanas.

Após a fase inicial da vida do vira-lata, é necessário um reforço anual das vacinas V10, Antirrábica, Gripe Canina e Giárgia. 

Lembre-se: vacinar o cachorro é uma forma de amor e cuidados, para prolongar e melhorar sua vida.

Cuidados específicos com a saúde da raça

Uma das formas de diminuir o abandono é a castração. Por isso, diversas prefeituras oferecem programas de castração gratuita. Não apenas ajuda no controle de abandono, como previne diversas doenças, como o câncer. 

Além disso, se seu vira-lata tiver os pêlos mais longos, é importante manter uma rotina de pentear e, em alguns casos, tosar. Consulte um veterinário. Também é importante escovar os dentes com frequência para evitar infestação de bactérias e acúmulo de tártaro. 

Como os outros Pets, é necessário uso regular de antiparasitários e vermífugos. 

Não esqueça das visitas recorrentes dos veterinários. Utilize o app da Vets e agende atendimento domiciliar, desta forma, você não precisa expor seu melhor amigo a outros pets doentes, nem mudar sua agenda para se deslocar até uma clínica veterinária.

Temperamento característico do Vira-Lata

Os vira-latas são cães de personalidades diferentes, tudo depende de como foram criados nos primeiros meses de vida. 

Alguns são mais ativos, o que significa que seus sapatos podem aparecer destruídos pela casa e você ganhará corridas e caminhadas como rotina. Outros são mais calmos, e isso pode te dar um grande aumigo de sonecas e sossego. 

O que não costuma variar entre eles é a amizade e o quanto são fiéis e encantados pelos seus tutores. Os cães costumam expressar seu carinho com lambidas e mordidinhas, então sinta-se amado quando receber algumas.

Característica do SDR

Tudo depende de seus pais, um cruzamento de rottweiler com vira lata pode gerar um vira-latinha de pelagem preta e marrom. Um poodle com vira-lata pode gerar um filhote peludinho. 

É imprevisível como serão as características físicas desses carinhas, podem ser de pequeno, médio ou grande porte, podem ter focinhos alongados ou mais curtinhos, podem ser peludões. A única coisa que se sabe é que eles vêm com bastante amor no coração. 

Custo médio de veterinário com a Vets

Consultas: a partir de R$ 90,00

Vacinas anuais: a partir de R$240,00 (as quatro vacinas recomendadas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para receber a News

Principais matérias

Baixe o App

Instagram da Vets